º,

Dólar: R$ 3.8397

Regional

Governo inclui Bragança em polos de desenvolvimento


Publicado em 24/05/2019 16:43


O Governador João Doria e a secretária de Desenvolvimento Econômico, Patrícia Ellen, anunciaram na quinta-feira, 23, no Palácio dos Bandeirantes, a criação de 11 polos de desenvolvimento econômico, com pacotes de benefícios setoriais para a indústria, sendo que nove estão na região de Campinas, e Bragança está inserida em cinco: Alimentos e Bebidas; Automotivo; Metal-metalúrgico, Máquinas e Equipamentos; Químico, Borracha e Plástico; Saúde e Farma. A iniciativa recebeu apoio do deputado Edmir Chedid (DEM), que também tem atuado pela geração de emprego e renda à comunidade.

Segundo a Secretária de Desenvolvimento Econômico, Patricia Ellen, "A atuação dos polos é para identificar falhas de mercado e atuar nas falhas de governo. Nosso trabalho é alavancar a produtividade e a competitividade do setor privado para impulsionar e melhorar as políticas públicas nas regiões onde as cadeias produtivas estão instaladas. Aumentar a eficiência e a efetividade dos gastos públicos com transparência é o nosso dever. Esse trabalho vai ser feito com muita eficiência e com o mesmo recurso existente" disse. 

Foram anunciados polos nos setores de Agritech, Aeroespacial, Serviços Tecnológicos; Alimentos e Bebidas; Automotivo; Biocombustíveis; Couro e Calçados; Derivados de Petróleo e Petroquímico; Eco Florestal; Metal-metalúrgico, Máquinas e Equipamentos; Químico, Borracha e Plástico; Saúde e Farma e Têxtil, Vestuário e Acessórios que cobrem todo o estado de São Paulo.

O governador João Doria, destacou a prioridade na geração de emprego e renda de seu governo: "Um governo responsável é comprometido com a geração de emprego. E geração de emprego não é com programa de assistencialismo, muito menos com paternalismo, é incentivando o setor produtivo, criando condições adequadas para o setor privado produzir, criar, gerar empregos, remunerar adequadamente, criando estabilidade e condições econômicas adequadas", comentou. "Aqui em São Paulo a nossa prioridade é a geração de empregos e renda", finalizou.

A otimização das políticas públicas será feita em torno de 6 pilares, visando adensar e integrar as cadeias produtivas:  Simplificação Tributária e Regulatória; Financiamento Competitivo - voltado ao adensamento da cadeia produtiva; Tecnologia e Inovação; Qualificação de mão de obra; Infraestrutura e Serviços; Ambiente de Negócios & Desburocratização - Fast Track de licenças e permissões, One Stop Shop.

Bragança e região - De acordo com o deputado Edmir Chedid, além de Bragança, outros municípios do entorno, como Atibaia e Itatiba, estão inseridos na Região Administrativa de Campinas. “Os estudos do governo estadual contemplam regiões administrativas, como a de Campinas, e também as regiões de governo. Toda vez que citam São Paulo, por exemplo, referem-se diretamente aos demais municípios da região metropolitana, como Cotia, Guarulhos e São Bernardo do Campo”, completou.

Em relação à Região Bragantina, Edmir Chedid reiterou que a Fatec de Bragança Paulista e as Etecs de Atibaia e Itatiba terão papel fundamental para a consolidação dos polos instituídos pelo governo estadual. A partir desta iniciativa, relembrou, oferecerão cursos específicos com base na definição dos pilares.

“Infelizmente há os que ignoram o fato de que a Região Bragantina esteja inserida na Região Administrativa de Campinas e utilizam este fato para disseminar mentiras, para simplesmente se promover. Lamentável também quando percebemos que muitos apenas falam, mas pouco ou nada fazem para a população.”

 

 

 

 

Voltar