º,

Dólar: R$ 3.7216

Regional

Deputado solicita ao Estado mais policiais para a região


Publicado em 04/03/2019 11:59


 A Operação São Paulo Mais Seguro, desenvolvida pela Secretaria de Estado da Segurança Pública, tem apresentado resultados positivos na redução dos indicadores criminais, informou na segunda-feira, 25, o deputado Edmir Chedid (DEM). O parlamentar explicou que a iniciativa aumenta a presença ostensiva da polícia para melhorar a percepção de segurança da comunidade.

Na última edição, encerrada na quarta-feira da semana passada, foram empregados 18.850 policiais militares, 7.781 viaturas (bases comunitárias móveis, carros e motocicletas) e sete aeronaves em 2.405 pontos de ações policiais em todo o Estado de São Paulo. “No total, foram vistoriados mais de 30 mil veículos, realizadas 176 prisões, 25 armas e mais de 300 kg de drogas apreendidas”, disse.

Edmir Chedid explicou, no entanto, que apesar da importância da operação em nível estadual, os municípios do Circuito das Águas e da Região Bragantina necessitam de mais profissionais na Polícia Militar. O aumento do efetivo, segundo ele, é fundamental para garantir o sucesso do trabalho desempenhado em benefício da comunidade e dos turistas que procuram pelos municípios estância.

“Por isso, já solicitamos à Secretaria de Estado da Segurança o aumento do número de policiais da nossa região, seja da Polícia Civil ou da Polícia Militar. É preciso que as corporações se integrem às ações das guardas civis a fim de oferecer maior segurança aos municípios onde o fluxo de pessoas aumenta em diferentes períodos. É preciso que haja um trabalho conjunto à população e aos turistas.”

SSP - O parlamentar reiterou, há uma semana, as reivindicações por investimentos e melhorias na Segurança Pública aos municípios do Circuito das Águas e da Região Bragantina. Além do aumento do efetivo das polícias Civil e Militar, Edmir Chedid relatou todos os problemas constatados no Instituto Médico Legal (IML) em reunião com o secretário-executivo da PM, Cel. Álvaro Batista Camilo.

 

Voltar