º,

Dólar: R$ 4.0476

Regional

Arrecadação de IPVA volta a crescer


Publicado em 14/05/2019 09:13


 

 

A arrecadação com Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) foi a maior na comparação com os últimos dois anos. Os proprietários de veículos licenciados em Bragança pagaram de R$ 24,9 milhões durante o o período entre janeiro e abril (o calendário para quitação do tributo sem multa era de janeiro a março) - montante dividido entre o Estado e os municípios. Esse total representa aumento de 7,77%% em relação ao igual período do ano passado, aumento superior ao registrado entre 2018 e 2017, quando o crescimento foi de 5,91%.

No ano passado, entre janeiro e abril, foram arrecadados R$ 23.174.971,51 e em 2017, também no mesmo período, R$ 21.881.032,94.

A quantia arrecadada nos quatro primeiros meses do ano equivale a aproximadamente 71% da estimativa projetada pela Secretaria Estadual da Fazenda e Planejamento de arrecadação para o ano – em torno de R$ 32 milhões. Apesar de o calendário prioritário se esgotar em março, o tributo pode ser recolhido nos demais meses, com juros. 

Nas 645 cidades paulistas, a previsão é que o imposto arrecade, ao todo, R$ 14,9 bilhões, que serão repartidos entre o Estado e os municípios. Técnicos da pasta estadual destacam que o aumento se deve à possibilidade de pagamento do imposto com cartão de crédito - válido a partir deste ano - e o crescimento da frota, que saltou de 11,3 milhões de proprietários que recolheram o imposto em 2018 para 11,5 milhões.

Bragança é uma das cidades mais motorizadas do Estado e conta com 1,3 veículo para cada habitante, conforme dados do Denatran: são 166.753 habitantes e uma frota de 127.684 veículos, dos quais 72.423 são carros de passeio.

Esse tributo, normalmente, é utilizado pelas prefeituras para conservação da cidade, manutenção da Administração Municipal, pagamento de salários dos servidores públicos e ao custeio em geral. 

Voltar