º,

Dólar: R$ 4.183

Politica

Comissão do impeachment aprova convite para ouvir ministros


Publicado em 12/11/2018 20:49


A comissão especial do impeachment no Senado aprovou ontem requerimentos para convidar os ministros Nelson Barbosa (Fazenda) e Kátia Abreu (Agricultura), além de juristas e acadêmicos, sobre o processo da presidente Dilma Rousseff. Os pedidos foram aprovados em votação simbólica (sem a contagem de votos) após um acordo entre os partidos. Pelo cronograma do colegiado, os primeiros a serem ouvidos hoje serão os autores do pedido de impeachment. Um deles, o jurista Helio Bicudo, já afirmou que não vai. Janaína, outra autora, confirmou presença. Miguel Reale JR., o terceiro autor, ainda não deu uma confirmação. Amanhã será a vez da defesa de Dilma, a ser apresentada pelo advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo. Os trabalhos do colegiado começaram terça-feira, 26, com a eleição do relator, senador Antonio Anastasia (PSDB-MG), a quem caberá elaborar um parecer recomendando a instauração ou o arquivamento do processo para ser apresentado no dia 4 de maio e votado no dia 6. A expectativa é que o relatório dele seja submetido ao plenário principal do Senado no dia 11 de maio. Para ser aprovado, é necessário haver maioria simples dos senadores (41 de 81). Se for favorável à instauração do processo, Dilma será afastada da Presidência da República por 180 dias. Nessa hipótese, o vice-presidente Michel Temer assumirá o comando do Palácio do Planalto. [caption id="attachment_8127" align="alignleft" width="650"]Sessão realizada ontem no Senado Sessão realizada ontem no Senado[/caption]  

Voltar