º,

Dólar: R$ 4.1273

Politica

Aprovada contas de 2017 da gestão Jesus Chedid


Publicado em 27/08/2019 18:57


* atualizada em 28/08/2019 às 14h56

Relativa ao ano de 2017, a primeira conta do governo Jesus Chedid, da atual gestão, foi aprovada pela Câmara durante os trabalhos legislativos de terça-feira, 27. Por 15 votos contra 1, o parecer da Comissão de Finanças, Orçamento, Obras, Serviços Públicos e Desenvolvimento Urbano foi acatado pelo plenário da Casa.

As contas já haviam recebido parecer de aprovação por parte doTribunal de Contas do Estado (TCE-SP). O único a votar contra foi o vereador Moufid Doher, além das ausências de Cláudio Duarte e Marcus Valle.

O órgão fiscalizador do Estado, no entanto, fez apontamentos no exercício de 2017, como melhorias em itens do controle interno, adequação dos cargos comissionados de acordo com a lei e regularizar contrato de prestação de serviços de abastecimento e distribuição de água e de coleta e tratamento de esgoto.

O líder do governo na Câmara, vereador Paulo Mário, ressaltou que os apontamentos são para as prefeituras continuarem a corrigir suas contas e que não existe uma Administração Municipal que não tenha contas com apontamentos do TCE. Outros vereadores da base defenderam que são questões pontuais, alguns na área técnica com necessidade de correção e outros de caráter sugestivo, cuja adequação não é obrigatória.

Outros três projetos foram aprovados em 1º turno: o que institui o benefício bolsa-auxílio modalidade república, para jovens entre 18 e 21 anos, em processo de transição em situação de acolhimento institucional para uma vida autônoma, de autoria do prefeito; o que propõe a prioridade no encaminhamento de vagas de empregos e de cursos profissionalizantes às mulheres vítimas de violência doméstica e o que sugere a inclusão do dia do profissional de educação física no Calendário de Eventos da cidade, a ser celebrado no primeiro dia e durante o mês de setembro.

Em turno único foram aprovados o decreto legislativo que concede título de cidadã bragantina à Maria de Lourdes Prata Garcia (Lola Prata); e o que propõe a denominação de rua Laércio José Nogueira para a via conhecida como Rua 05, no loteamento Sol Nascente, bairro do Toró. Duas moções também foram aprovadas. 

Participaram da Tribuna Livre Josenilda França do Nascimento Santos, da Igreja Deus de Maravilha sobre a ressocialização de moradores em situação de rua, através do projeto Mãos Dadas Por Um Mundo Mulhor, e o professor de educação física, Renato Pereira dos Santos, que falou sobre o a inclusão no calendário oficial do Município do dia e do profissional de Educação Física.

 

Voltar