º,

Dólar: R$ 3.8272

Policial

Prisões em flagrante e guerra ao tráfico têm aumento na cidade em 2019


Publicado em 05/04/2019 16:38


 

 

Dois dos principais indicadores de produtividade policial em Bragança aumentaram no primeiro bimestre da gestão João Dória: prisões em flagrante e tráfico de drogas.

As ocorrências de tráfico - índice que mede produtividade policial - avançaram 23,4% no primeiro bimestre deste ano comparado ao mesmo intervalo do ano passado, com 58 contra 47 registros.

O número de prisões em flagrante aumentou 18,8% no mesmo período, de 90 pessoas presas em janeiro e fevereiro de 2018 para 107, em igual período de 2019.

Dos 13 indicadores de produtividade policial, segundo dados oficiais do Estado, Bragança contabiliza aumento em 10 no primeiro bimestre deste ano comparado a 2018.

Aumentam os indicadores de veículos recuperados (+60,8%, de 23 para 37), porte ilegal de arma (+200%, de 0 para 2), armas de fogo apreendidas (+800%, de1 para 6) e prisões efetuadas (+25,5%, de 141 para 177). Outros quesitos que subiram em 2019 foram pessoas presas por mandado (26,9%) e infratores apreendidos por mandado (66,6%). Queda mais significativa apenas em infratores apreendidos em flagrante (-11%, de 20 para 18).

Os excelentes números de combate à criminalidade no município se devem ao esforço do diminuto efetivo das duas polícias: militar e civil. Destaque para as operações contra o tráfico, que são realizadas constantemente e têm inibido esse tipo de ação criminosa. As duas polícias, também com a parceria da Guarda Civil Municipal, tem trabalhado não apenas nos pontos onde a droga é comercializada, mas também mapeando a rota usada pelos traficantes.

Voltar