º,

Dólar: R$ 4.147

Policial

DIG esclarece roubo e apreende menor assaltante


Publicado em 19/08/2019 09:44


 Um menor de 16 anos foi apreendido por roubar um taxista em 15 de junho durante uma corrida até a UPA Vila David. Na ocasião ele fez uso de uma faca para ameaçar o taxista e conseguir roubar o carro. A apreensão foi feita por investigadores da Delegacia de Investigações Gerais - DIG, no final da manhã desta sexta-feira, 16, na cidade de Tuiuti, onde o adolescente reside. Na sede da especializada, além de ser reconhecido pela vítima, o adolescente confessou o crime. Agora ele aguarda uma vaga na Fundação CASA onde ficará apreendido até o final do processo e conclusão da pena.

Investigação -   Com o comando geral do delegado Dr José Glauco Silveira Lobo Ferreira, foram exatos dois meses desde o dia do crime até a apreensão do menor na cidade de Tuiuti. Como de praxe, a investigação começou logo na segunda-feira, 17 de junho, quando o caso chegou a especializada e foram apenas alguns dias para chegar a um suspeito. O abandono do carro na cidade de Tuiuti refinou a identificação e as investigações continuaram até se chegar ao nome completo do adolescente, comprovação de sua residência, no centro da cidade de Tuiuti, e até de outros antecedentes criminais. Após a identificação, a vítima foi acionada e reconheceu o menor como o autor do roubo. Com essa certeza, foi solicitado o pedido de apreensão à Vara da Infância e Juventude que atendeu à solicitação do delegado.

O crime - No final da tarde de sábado, 15 de junho, o menor solicitou uma corria ao taxista até UPA da Vila David, quando na rua Antonieta Tomazini Lonza, o “passageiro” sacou de uma faca e anunciou assalto, mandando-o deixar a chave no contato e sair do veículo. Amedrontado, o taxista deixou o veículo e o ladrão assumiu a direção do carro, um Toyota/Corolla, prata, placas locais GCF-3349, fugindo em seguida. Por volta de 0h30 de domingo, 16 de junho, o veículo foi encontrado abandonado na estada municipal Manoel Stéfani, na cidade de Tuiuti, por moradores que estranharam o veículo estacionado, com as portas abertas e sem as placas. Foram furtados o taxímetro, o imã com o letreiro “TAXI” e as placas dianteira e traseira.

 

Voltar