º,

Dólar: R$ 4.0476

Editorial

33 ANOS DE SOBREVIDAS


Publicado em 16/04/2019 09:31


Amanhã, 17 de Abril, o jornal GAZETA BRAGANTINA, entra no 34º ano de vida e sobrevida. Vida pelo fato óbvio de ser fundado, sobrevida por resistir as armadilhas da política, do governo, da economia e da tecnologia.

Às vezes é necessário olhar o passado para avançar, com exemplos, ao futuro. É a reflexão que fazemos neste momento.

Na verdade a única motivação para comemorarmos a data é a prestação de serviços que a GB fez ao longo de sua existência, a colaboração dada às autoridades e à população por meio das opiniões do jornal, de seus colaboradores, das notícias e informações.

Nos orgulhamos de poder ter chegado até aqui, apesar dos boicotes, das perseguições das difamações apregoadas nos bastidores do poder que ainda persistem. Mas, tudo isso é muito pouco para abalar nosso ideal de servir ao propósito do jornalismo independente e democrático.

A Gazeta Bragantina sempre foi e continua sendo um jornal que tem opinião e não se prostitui em ano eleitoral, tão pouco para ocultar mal feitos de políticos ou empresários mal intencionados e usuários de solapar o bem público.

Em 2013 a Gazeta Bragantina produziu o semanário GB NORTE, direcionado a Zona Norte da cidade com tiragem atual de 10 mil exemplares, que segue o mesmo ideal do jornal mãe. Em meio à crise, ousamos e avançamos.

O mercado publicitário para a mídia impressa é cada dia mais restritivo, haja vista os grandes jornais e revistas do pais que reduziram drasticamente a tiragem e número de páginas. Outros encerraram atividades ou diminuíram o número de edições como a GB fez neste ano, passando de trissemanal para bi. É uma lógica para sobreviver ao que se nos impõem.

Enfim, iniciamos hoje a caminhada para mais um ano de sobrevida. Sabemos que não será fácil. Mas não esmoreceremos jamais.

 

Voltar