º,

Dólar: R$ 4.1242

São João

*Rogério Machado Amanhã, dia 24, parte da cristandade comemora o Dia de São João. Nem é preciso falar sobre as muitas festas em homenagem ao apóstolo e evangelista João. Mas, o que você conhece dele? João era, provavelmente, o mais novo dos 12 discípulos, tendo cerca de 24 anos de idade quando foi chamado por Jesus. Consta que seria solteiro e vivia com os seus pais em Betsaida. Ele e seu irmão Tiago eram pescadores. Dentre os livros da Bíblia, ele escreveu um dos evangelhos, três cartas e Apocalipse (Revelação das últimas coisas). Apesar de Jesus tê-lo chamado de “filho do trovão”, ele também é conhecido como o “discípulo amado” por estar ao lado de Jesus na última ceia e ter reclinado sua cabeça no peito de Jesus, além de estar ao pé da cruz, quando da crucificação de Cristo, e de ter recebido d’Ele a orientação de cuidar de Maria, conforme Evangelho de Marcos 3:17 e Evangelho de João 13:23 a 25 e 19:25 a 27. Segundo informações ele teria morrido de morte natural, em Éfeso, no ano de 103, aos 94 anos de idade. Mas, o que chama a atenção é que João foi escolhido por Deus para apresentar ao mundo Jesus Cristo, Deus-homem, encarnado e vivendo entre nós. Ele escreve no Evangelho: No princípio era o Verbo, e o Verbo se fez carne, e o Verbo estava com Deus e habitou entre nós cheio de graça e de verdade, e o Verbo era Deus e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, conforme 1:1 e 14. E mais!... É João que registra Jesus se apresentando ao mundo: EU SOU: o Messias; o pão da vida; a luz do mundo; a porta; o bom pastor; o caminho, a verdade e a vida; a ressurreição e a vida; a videira verdadeira - João 4:25 e 26; 6:35; 8:12; 10;9 e 11; 11:25; 14:6 e 15:1. E, ainda mais!... João escreve sobre o imenso amor de Deus por nós, ao ponto de entregar Jesus para ser crucificado por nossos pecados “Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna”. E adverte que “Aquele que crê no Filho tem a vida eterna; mas aquele que não crê no Filho não verá a vida, mas a ira de Deus sobre ele permanece” - João 3:16 e 36. Por fim, João escreve em sua primeira epístola: “Aquele que crê no Filho de Deus tem em si o testemunho de Deus. Aquele que não crê em Deus, o faz mentiroso, porque não crê no testemunho que Deus deu a respeito de seu Filho. E o testemunho é este: Deus nos deu a vida eterna, e esta vida está em seu Filho. Quem possui o Filho possui a vida; quem não tem o Filho de Deus não tem a vida. Isto vos escrevi para que saibais que tendes a vida eterna, vós que credes no nome do Filho de Deus” - capítulo 5, versículos 10 a 13. *Rogério Machado é jornalista e pastor da Igreja Batista Boas Novas -  prrogeriomachado@yahoo.com.br

Voltar