º,

Dólar: R$ 4.147

Eleições e prioridade

O dia das eleições está chegando. Em 07 de outubro estaremos exercitando o direito de votar. É o dia em que nós, como cidadãos, estaremos selando os rumos do país, do estado e também da cidade em que vivemos para os próximos quatro anos, com consequências futuras. Além do presidente da república e governador do estado (cargos executivos) estaremos elegendo ainda os deputados estaduais, federais e senadores, que são aqueles que fazem as leis (boas ou ruins), liberam verbas para investimentos e fiscalizam (ou não) os atos do executivo. Em nossa democracia, onde o povo governa através de representantes, o voto é muito importante. Por isso, devemos exercer esse direito votando corretamente. Para mim, é irresponsabilidade não votar, votar em branco ou anular o voto. Mas, em tempos de eleição, em meio as promessas dos candidatos, especialmente os de cargo executivo (governador e presidente) ouvimos frases como “minhas prioridades são”, dando a entender que são muitas prioridades, mas não há a prioridade. Muita coisa no “topo” da lista de coisas, mas nada em primeiro lugar. Por isso, nos cabe a pergunta: o que é prioridade? Define-se prioridade como “qualidade do que está em primeiro lugar, ou do que aparece primeiro”, ou ainda, “qualidade duma coisa que é posta em primeiro lugar, numa série ou ordem”. Por isso, poderia dizer que prioridade é aquilo que vem em primeiro lugar, a primeira coisa. O Senhor Jesus Cristo nos ensina que “prioridade é colocar em primeiro lugar o que é mais importante”. Ainda que Ele não tenha dito isso, com essas mesmas palavras, isso fica muito claro quando lemos o que foi dito por Ele no conhecido Sermão do Monte: “Buscai, pois, em primeiro lugar, o reino de Deus e a sua justiça, e todas as demais coisas vos serão acrescentadas” – Evangelho de Mateus 6:33. Nesse sermão, entre outras coisas, Jesus Cristo ensina que o ser humano deveria buscar em primeiro lugar o “reino de Deus”, a vontade de Deus para suas vidas, não estando ansioso por coisa alguma. Isso porque uma pessoa preocupada ocupa-se antes do tempo com algo que, muitas vezes, não é prioritário e que foge de seu controle. O que precisamos fazer no dia a dia, é buscar em primeiro lugar o “reino de Deus”, ou seja: Deus reinando em nós – o domínio e a vontade de Deus prevalecendo em nossas vidas. E, para conhecermos Sua vontade precisamos de intimidade com Ele. Precisamos da leitura diária da Bíblia e de oração. Na primeira hora do dia, na primeira oportunidade, antes de qualquer coisa “buscar o reino de Deus”. Buscando a Deus, sendo Ele prioridade, e pedindo-lhe sabedoria para votar, certamente nossas escolhas serão melhores. Lembre-se sempre que a primeira coisa vem em primeiro lugar. Deus em primeiro lugar!

Voltar