º,

Dólar: R$ 4.147

Dia Nacional de Combate ao Fumo

Sem nenhum alarde por parte da imprensa, quer falada, escrita, televisiva ou midiática “comemorou-se” na última quarta-feira (29) o Dia Nacional de Combate ao Fumo. A data, instituída em 1986 pela lei nº 7488, foi criada com o objetivo de conscientizar e mobilizar a população sobre os riscos decorrentes do uso do fumo para a saúde – do usuário e de outros. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), o tabagismo é a principal causa de morte evitável no planeta. Na fumaça do tabaco encontramos mais de 4.700 substâncias tóxicas, algumas inclusive cancerígenas. Os médicos garantem que o cigarro pode desencadear cerca de 50 problemas de saúde, alguns são: infarto do coração, enfisema pulmonar, acidente vascular cerebral, impotência sexual no homem e/ou prejuízo na mobilidade do espermatozoide, infertilidade na mulher, hipertensão, diabetes e vários tipos de câncer: pulmão, traqueia e laringe. As pessoas que não fumam diretamente também correm sérios perigos. Os chamados fumantes passivos, em comparação com grupos que não tem contato com o fumo, possuem maior risco de desenvolver câncer de pulmão e doenças cardiovasculares e respiratórias, como a asma e pneumonia. Além disso, bebês de mães fumantes podem nascer prematuramente ou então apresentarem baixo peso após o nascimento. Estima-se que 90% das pessoas que desenvolvem câncer de pulmão apresentem como fator responsável o fumo, e é de se destacar que as chances de cura nesse caso são bastante baixas. A estimativa é de que cerca de 200 mil pessoas morram todo o ano no Brasil em decorrência do fumo. Esse número salta para cerca de 5 milhões em perspectiva mundial. O ser humano foi criado a imagem e semelhança do Senhor Deus e dotado de inteligência e capacidade de discernir entre o certo e o errado. Assim, o que Deus deseja é que o ser humano viva de maneira que O agrade... preservando sua vida do uso de qualquer “droga” que cause malefícios ao corpo. Mas, Deus deseja também que nós façamos tudo para a Sua glória, conforme Primeira Carta de Paulo aos Coríntios 10:31. E, uma das maneiras de fazer isso é reconhecendo Jesus Cristo como Senhor e Salvador pois Ele veio para que tenhamos vida e vida em abundância, conforme Evangelho de João 10:10.

Voltar