º,

Dólar: R$ 4.1242

1º de Maio

* Rogério Machado Na próxima terça-feira teremos um feriado nacional... é 1º de Maio. Essa data é comemorada em quase todo o mundo como “Dia do Trabalho”. A origem da comemoração está relacionada à luta por direitos trabalhistas no século XIX. A data foi assim denominada em memória ao dia 1º de Maio de 1886, quando, nos Estados Unidos, trabalhadores foram mortos pela Polícia de Chicago, que na época era o principal pólo industrial norte-americano. As mortes ocorreram durante a repressão a uma greve geral que paralisou os Estados Unidos. A greve foi em protesto ao não cumprimento da lei que fixava a jornada de trabalho em 8 horas diárias e pela regulamentação do trabalho de mulheres e crianças. A data foi reconhecida em 1889 quando o Congresso Socialista, realizado em Paris, decretou este dia como sendo o “Dia Mundial do Trabalho”. No Brasil, o “Dia do Trabalho” é um feriado aproveitado de diversas maneiras. Há aqueles que procuram descansar neste dia enquanto outros passeiam e outros participam de manifestações diversas, que vão de passeatas à grandes concentrações realizadas pelas centrais sindicais, que em tempos de crise reivindicam a manutenção do emprego, deixando de lado as reivindicações como aumento salarial, redução de jornada de trabalho, abonos, etc. Essa reivindicação soa como esperança para o trabalhador, amedrontado com a crise e o desemprego mundial. A esperança do trabalhor brasileiro é a de que os governantes, de alguma forma, proporcionem dias melhores e vida melhor, mesmo que isso seja contrário ao revelado pela Palavra de Deus, que afirma: “nos últimos dias, sobrevirão tempos difíceis, pois os homens serão egoístas, avarentos, jactanciosos, arrogantes... implacáveis, caluniadores, sem domínio de si... mais amigos dos prazeres que amigos de Deus” – 2ª Epístola de Paulo a Timóteo 3:1 a 4. Assim, ainda que as situações e homens (patrões, governos e governantes) possam decepcionar, devemos nos lembrar que isso ocorre por que o ser humano está comprometido consigo mesmo, seus desejos e paixões. Entretanto, o Senhor Jesus Cristo nos incentiva a buscar primeiro o Seu reino e a Sua justiça, sabendo que tudo o mais nos será acrescentado (conforme Mateus 6:33). Por isso, “entrega o teu caminho ao Senhor, confia nele, e Ele agirá” - Salmo 37:5 *Rogério Machado é jornalista, conselheiro  e educador cristão; pastor da Igreja Batista Boas Novas - Cd Planejada II - prrogeriomachado@yahoo.com.br

Voltar