º,

Dólar: R$ 3.8397

Cidade

Prefeito visita obra da creche do Jardim São Miguel


Publicado em 29/05/2019 17:37


 

Na tarde de hoje, o prefeito Jesus Chedid e o vice-prefeito Amauri Sodré, acompanhados dos secretários municipais Adilson Condesso (Educação), Aniz Adib Junior (Serviços) e André Monteiro (Obras), gestor da empresa Tera Incorporadora e Construtura, Franz August Miller e o engenheiro Hamilton Faria dos Santos, estiveram nas dependências da futura creche-escola no Jardim São Miguel para avaliar a situação das obras que estavam paralisadas.

Desde segunda-feira, servidores da Secretaria de Serviços estiveram na rua Querubina da Silva Leite, rua de acesso à escola, para realizar reparos na galeria de águas pluviais, substituição da ponte de madeira e ampliação, uma vez que sequer a retroescavadeira da empresa vencedora da licitação conseguia acessar a rua para início das obras.

A Secretaria de Serviços vai ainda aterrar o barranco localizado na parte da frente da escola para ampliar a área de atendimento a comunidade e tornar a área mais segura, além do minimizar o aclive de acesso a creche.

Segundo o prefeito Jesus Chedid, a Prefeitura está executando a obra com recursos próprios, R$ 1.8 milhão, para não ter que devolver cerca de R$ 1 mi ao Governo Federal, e responder ação do Tribunal de Contas por não ter sido cumprido o convênio. "Somente a perfuração da pedra para fundação foi gasto 50% do valor. Tenho informações do departamento jurídico que a aquisição do terreno foi fraudulenta, em um ano esse pedaço de mato foi valorizado mais de 700%. Isso será apurado por meio de sindicância da Administração Municipal", afirmou. O chefe do Executivo ainda concluiu falando da alegria de entregar mais uma obra as crianças, "mas que infelizmente é mais uma herança maldita que nos deixaram", encerrou.

O secretário de Educação Adilson Condesso disse que a intenção é que a creche seja entregue no o início do ano letivo de 2020. "Esta escola terá oito salas de aula e deverá atender cerca de 150 alunos, aliviando a quantidade de alunos da E.M. Sara Moritz Aronovich, que é uma escolinha pequena (situada no mesmo bairro)".

Histórico - O terreno (uma pedreira) foi desapropriado pelo ex-prefeito Jango em 2010 pelo valor R$ 794,5 mil, em 2011 foi firmado convênio com o Governo Federal no valor de R$2.038.885,39. A licitação foi encerrada em 2012 e a ordem de serviço emitida em junho do mesmo ano, com término previsto para junho de 2014.

Voltar